• demacedogroup

Como fazer uma lista de casamento


A lista de convidados deve ser um dos primeiros passos no que diz respeito à organização de casamento. Porém, este também é um passo muito complicado, já que existem muitas escolhas a serem feitas. Foi pensando nisso que elaboramos esse artigo com dicas especiais e ainda conversamos com Cinthia Rosenberg, assessora de casamentos.


Perguntas e respostas sobre a lista de convidados

Devem ser convidados todos os membros de uma família?

O primeiro passo é fechar um número máximo de convidados. Depois, o recomendável é elaborar uma lista do lado da noiva e outra, do noivo, separadamente, para cruzá-las em seguida. Após eliminar os convidados repetidos, ambas as famílias devem ser muito conscientes acerca dos nomes que efetivamente deverão constar nessa lista, sem correrem o risco de chamarem alguém a mais ou deixar alguém de fora.


Colegas de trabalho e chefes devem ser convidados para o casamento?

Primeiramente, responda essa pergunta: A relação com eles é íntima? Se sim, convide. Se não, não há obrigatoriedade. Uma boa dica é colocar um comunicado no mural da empresa avisando que a comemoração será apenas para um grupo restrito de familiares e amigos mais próximos e que, a partir da presente data, o casal abre as portas da residência, onde receberá os amigos. Assim todos ficam cientes da situação e não há chateação.


Como se explicar para os que não foram convidados? Se a falta de convite for por esquecimento, a dica é pedir desculpas. Mas, de forma geral, os noivos devem agir com naturalidade, pois ninguém tem obrigação de convidar ninguém.


Palavra de especialista


Há 15 anos, a empresa de Cinthia Rosenberg trabalha assessorando casamentos. Primeiramente, Cinthia falou sobre a importância em se pensar na lista de convidados: “Quando os noivos começam a pensar na festa de casamento, logo vem o pânico da lista de convidados. Quem devem realmente convidar e quem não poder ficar de fora. A lista de convidados é o primeiro passo para o sucesso de um casamento, pois a quantidade de pessoas é o que determinara os próximos passos, como: local da recepção que comporte este número de pessoas, quanto sairá o buffet, quantidade de bebidas, doces, etc”, explicou.

Então, ela falou sobre como definir a lista: “Recomendo sempre que os noivos tenham muito bem definido o estilo de festa que pretendem ter e qual o orçamento que envolverá. Comecem a fazer suas listas considerando primeiro as pessoas mais próximas, família e amigos que realmente parte da vida do casal. Depois, considere os parentes mais distantes, convidados que os pais gostariam de chamar e amigos do trabalho”, aconselhou.

“Sei que é difícil selecionar as pessoas, mas é importante se atentar ao orçamento, nem sempre conseguimos chamar todos que queremos. Por isto muitas vezes o melhor a fazer é reduzir a lista e manter a qualidade do casamento”, completou.


E sobre aquelas pessoas que se autoconvidam para o casamento?

“Primeiro não ficar comentando com todos sobre o casamento, principalmente no trabalho. Muitas vezes os noivos chamam apenas algumas pessoas mais próximas, então não é legal ficar falando do casamento e acho que também pode-se orientar os convidados a não divulgarem. Caso alguém se convide, deixe claro que infielmente não conseguem convidar a todos que gostariam e que se limitaram aos amigos e familiares mais próximos. Na verdade os noivos acabam se sentindo envergonhados e culpados, o que deveria ser o inverso... nada mais chato e deselegante do que se autoconvidar!”, indicou.

Então, Cinthia deixou dicas importantes para os noivos: “Uma das primeiras perguntas que sempre faço aos meus noivos é relacionada ao número de convidados, que estilo de festa querem ter. Normalmente os noivos chegam até a minha assessoria tensos por terem uma lista muito maior do que o que poderiam convidar. Sempre explico que o menos é mais.


Que se a verba é “x” é melhor fazer uma festa menor com menos convidados a ter uma festa grande e pecar na qualidade e serviços. Acho que o grande segredo é passar para os noivos que o sucesso de uma festa depende muito da elaboração certa da lista, deixá-los cientes que é normal ter que enxugar e fazer cortes, que não serão os únicos a passar por isto”, aconselhou.


“Sempre a lista deve ser pelo menos 10% a 15% maior do que o número de pessoa que os noivos pretendem ter no dia do casamento. Sempre há uma “quebra”, que pode ser ainda maior se houver um número grande de convidados de fora da cidade do casamento, se o casamento for em outra cidade dos noivos ou até mesmo em datas como feriados. A festa deve ser um momento especial na vida do casal. Curtam sem brigas e tenham tudo muito bem planejado desde inicio”, “completou”.


Quer saber mais sobre listas de convidados? Confira nossos artigos sobre o tema.

#CinthiaRosenbergeAssessoriadeEventos #ListadeConvidados #Planejamento #assessoriadeeventos #BlogdeCasamento #Casamento #Noiva

17 visualizações0 comentário
CATEGORIA
A EMPRESA
Receba nossas Matérias!
Logo de Macedo Branco.png
Logo Transp Braqnco.png

Weddingg é um Blog de Casamento no Brasil que vai te ajudar a Noiva em tudo. Este Guia de Casamento irá ensiná-lo a planejar um casamento. O Weddingg vai te dar dicas de como criar a infalível Lista de Convidados, e Dicas para Escolher o Vestido de Noiva perfeito, entre muitas outras coisas importantes.


O WEDDING’G junto com o Grupo De Macedo nasceu em 2009 com o propósito de gerar conteúdo de qualidade, agregando a opinião de profissionais qualificados de diversas áreas para inspirar e ajudar nossos queridos leitores a planejarem seus sonhos com ênfase.