• Música

Músicas para a Entrada da Noiva: Os tipos de Marchas Nupciais


Músicas para a Entrada da Noiva

A entrada da noiva é uma das partes mais importantes de um casamento, não é mesmo?! A música da entrada, portanto, deve ser escolhida com muito cuidado. Hoje vamos deixar aqui uma seleção com 10 músicas para a marcha nupcial mais tocadas nos últimos tempos. Confira! 10 músicas para entrada da noiva 1. Marcha Nupcial – Mendelssohn

É de longe a música mais escolhida pelas noivas para o momento da sua entrada. A marcha nupcial de Mendelssohn foi composta em 1842 para a peça de Shakespeare “Sonho de uma noite de verão”. Algumas igrejas mais tradicionais vetam o uso dessa marcha nupcial, pois a peça de Shakespeare conta uma história pagã.

3. Ave Maria – Bach/Gounod A Ave Maria de Bach/Gounod foi escrita em latim em 1853 por Charles Gounod, que escreveu a Ave Maria usando como base a harmonia e a textura do Prelúdio nº 1 em Dó Maior do livro I de O Cravo Bem Temperado, composta por Bach, cerca de 137 anos antes. Gounod fez uma leve alteração, adicionando um compasso de modo a suavizar a mudança rápida da harmonia do prelúdio.

Primeiro Gounod escreveu a melodia sobre o prelúdio de Bach, a qual deu o nome de Meditação, depois uniu o texto da Ave Maria á melodia e dedicou a sua namorada. Por esse motivo, é conhecida como Ave Maria de Bach/Gounod. Muito utilizada no momento da benção ou entrada das alianças. 4. Ave Maria – Franz Schubert A Ave Maria de Schubert nunca foi uma Ave Maria. Ellens dritter Gesang (Ellens Gesang III, D839, Op. 52 n º 6, 1825), “Terceira Música de Ellen” em português, foi composta por Franz Schubert em 1825 como parte de seu Opus 25, uma configuração de sete canções do poema épico popular de Walter Scott, “A Dama do Lago”, livremente traduzido do alemão. Tornou-se uma das obras mais populares de Schubert, sob o título de “Ave Maria” 5. Pompa e Circunstancia – Edward Elga (Land of hope and glory) Elga é principalmente conhecido pelas Marchas de Pompa e Circunstância (1901). Após compô-las, foi-lhe pedido para adaptar a letra de A. C. Benson para uma Ode à Coroação do Rei Eduardo VII de Inglaterra. O resultado foi Land of Hope and Glory.

6. Jesus, alegria dos homens – Johann Sebastian Bach Jesus alegria dos homens (Jesus bleibet meine Freude, em alemão) é o coral final da cantata “Herz und Mund und Tat und Leben” (“Coração e Boca e Ações e Vida”, numa tradução livre), escrita por Johann Sebastian Bach em Leipzig, Alemanha no ano de 1716. 7. Canon – Johann Pachelbel A música é, aproximadamente, de 1690, e dizem que ele a compôs para o casamento do irmão de Bach, Johann Christoph, em 1694, mas nada nunca foi comprovado.A música era desconhecida até 1970, quando Jean-François Paillard fez uma gravação, Desde então, a música já foi regravada centenas de vezes.

8. Primavera – Vivaldi Primavera faz parte de As Quatro Estações, que são os primeiros quatro dos doze concertos para violino que Antonio Vivaldi compôs sob o título conjunto de Il cimento dell’armonia e dell’invenzione (“A luta entre a harmonia e a invenção”, numa tradução livre), os quais constituem o seu opus 8. Este conjunto de concertos foi publicado em 1725.

9. Zadok the Priest – G. F. Händel Zadok, the Priest (Zadoque, o sacerdote), foi escrita pelo alemão George Frideric Händelpara a coroação do rei George II da Inglaterra em 1727. Essa música é muito escolhida pelos noivos para o momento da sua entrada, pois é também a música inpiração do hino da UEFA Champions League. 10. Feuerwerksmusik – G. F. Händel Feuerwerksmusik foi composta por George Frideric Handel em 1749 a pedido do rei George II da Inglaterra para a festa dos fogos de artifício no Green Park em Londres, em 27 de abril de 1749. O clima de festividade e comemoração da música a tornou uma das favoritas.

#MusicaparaCasamento #MarchasNupciais #MúsicasparaEntradadaNoiva

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo