• demacedogroup

Quantidade ideal de padrinhos por Cinthia Rosenberg


Ao planejar o casamento, os noivos devem pensar em quais padrinhos e madrinhas escolher para o grande dia. Antes de escolherem quem serão essas pessoas especiais, é necessário pensar em quantos chamar. Hoje vamos falar sobre a quantidade ideal de padrinhos, além de contarmos com as palavras de Cinthia Rosenberg, assessora de casamentos. Primeiramente, já fica aqui a dica: Bom senso é a regra. Não se esqueça que o altar não é o local de socializar e lá devem estar apenas os amigos que fizeram e fazem parte da vida do casal.



Como decidir a quantidade de padrinhos ideal?

Obrigatório: Tanto em casamentos no cartório como na igreja, são necessárias apenas duas testemunhas, que são considerados os padrinhos. Este número é o mínimo obrigatório, ter ou não mais que isso, a quantidade fica a critério dos noivos.


Etiqueta: A etiqueta limita o número de casais a cinco, sendo cinco ao lado da noiva e cinco ao lado do noivo. Então, este é o número ideal se você busca uma festa tradicional.

Tamanho do altar: É necessário levar em conta o tamanho do altar. Então, limite a quantidade ao tamanho do altar escolhido para a cerimônia e não esqueçam que ali também estarão os pais dos noivos. Se você já decidiu os padrinhos e o altar, e não quer abrir mão nem de um nem do outro, reserve o primeiro banco para que eles fiquem sentados ali e deixe apenas os pais dos noivos ao lado.

Palavra de especialista



Conversamos com Cinthia Rosenberg, assessora de casamentos, que nos explicou sobre a quantidade ideal de padrinhos: “Sempre aconselho o casal ter bom senso...Considerar o tamanho do altar da igreja ou o espaço que terá caso a cerimônia seja no próprio espaço para não ficar apertado. Considero um número ideal no máximo 4 casais de cada lado mais os pais. Mas caso os noivos tenham mais padrinhos que não conseguem deixar de chamar, deve-se sim considerar o espaço disponível e caso necessário uma boa solução seria posicionar as mulheres um pouco à frente dos homens”, aconselhou.

E o que os noivos devem levar em conta ao escolher os padrinhos e pajens? “Sempre considerar a proximidade e a importância das pessoas que pretendem chamar. Pessoas que são especiais na vida do casal e que provavelmente sempre estarão presentes”, explicou.


Ela ainda falou sobre os pajens e daminhas: “No caso de pajens e daminhas não aconselho considerar crianças muito pequenas, pois correm o risco de não entrarem. Se as crianças forem menores que 4 anos, acho que o melhor seria que os mesmos não levassem as alianças, deixe esta responsabilidade para as crianças um pouco maiores.


Sabemos que os menores são mais engraçadinhos, mas correm o risco de “travarem” na hora de entrar. O melhor seria chamar crianças que sejam mais íntimas dos noivos, para não se assustarem com tanta gente diferente”, indicou.


E como deve ser o planejamento junto aos padrinhos e pajens? “Costumo orientar os noivos a convidarem os padrinhos e pajens com uma média de 6 meses antes para que eles possam ter tempo suficiente para se organizarem. Para as madrinhas, a noiva pode decidir a paleta de cores, por exemplo. Para os padrinhos pode-se também escolher o tom do terno, camisa e até presentear com a gravata (caso esta tenha um tom escolhido pelos noivos). Com as crianças seria elegante os noivos custearem as roupas, mas se os pais tiverem boas condições pode não ser necessário. Para a hora do convite pode-se fazer um jantar ou um encontro com todos os padrinhos juntos ou convidar um a um individualmente”, explicou.

Ainda está na dúvida? Cinthia Rosenberg pode auxiliar nesse planejamento: “Eu como assessora sempre ajudo os meus noivos também nesta parte. Tento orientar ao máximo e oferecer soluções para que tudo no casamento seja um momento gostoso e não estressante. Oriento com o número de padrinhos, a antecedência que devem ser avisados, ideias de presentes e convites especiais” contou.


“Na hora de montar o cortejo, vemos o melhor momento para a entrada dos pajens, o que devem levar para estimular a entrada deles e ficar mais “bonitinho”, etc. Sempre falo para os meus noivos que os preparativos do casamento nem sempre são fáceis, tem alguns momentos mais desgastantes, outros mais divertidos e gostosos, que o importante sempre é curtir este momento especial de forma leve e prazerosa. O casamento é um momento único, onde o casal começa a tomar decisões juntos. Ter uma assessoria experiente ajudara os noivos com todos os preparativos e decisões”, completou.

Quer saber mais sobre padrinhos e madrinhas? Confira nossas dicas especiais sobre o tema.


8 visualizações0 comentário
CATEGORIA
A EMPRESA
Receba nossas Matérias!
Logo de Macedo Branco.png
Logo Transp Braqnco.png

Weddingg é um Blog de Casamento no Brasil que vai te ajudar a Noiva em tudo. Este Guia de Casamento irá ensiná-lo a planejar um casamento. O Weddingg vai te dar dicas de como criar a infalível Lista de Convidados, e Dicas para Escolher o Vestido de Noiva perfeito, entre muitas outras coisas importantes.


O WEDDING’G junto com o Grupo De Macedo nasceu em 2009 com o propósito de gerar conteúdo de qualidade, agregando a opinião de profissionais qualificados de diversas áreas para inspirar e ajudar nossos queridos leitores a planejarem seus sonhos com ênfase.